NOTÍCIAS > INFORMES

Perdendo o controle e ganhando equilíbrio

Podemos perder o controle? Como manter o equilíbrio?

Estamos constantemente sobrecarregados com exigências e pressões na vida, tanto no aspecto profissional como familiar, econômico, afetivo ou social.

Estamos diante de grandes e pequenos desafios e acreditamos que devemos manter tudo sob controle: tentamos controlar nossas emoções, nossos corpos, nossas atitudes, até mesmo as situações e as outras pessoas.

Quanto maior a pressão, maior a resistência. Resistência leva ao controle. Controle enrijece. A rigidez bloqueia o fluxo energético e isso leva ao desequilíbrio. O desequilíbrio apresenta-se em forma de sintomas. Esses sintomas podem ser estresse, irritação, medo, desânimo, depressão, ressentimento, pânico, ansiedade, insônia, dores no corpo, etc.

A titulo de exemplo, vamos imaginar duas panelas de pressão no fogo. Uma delas, com a válvula enguiçada, não tem como deixar o ar escapar, pode até explodir. A outra panela funciona perfeitamente, a pressão do ar escapa na medida certa, permitindo que haja energia interna suficiente para que o resultado seja satisfatório.

Nós, como panelas de pressão no fogo, ou seja, diante dos desafios e pressões da vida, se tentamos manter o controle, como válvulas defeituosas, enrijecemos e começamos a apresentar sintomas de desequilíbrio emocional, físico, mental. É importante lembrar que esse fogo não apaga, isto é, as pressões e desafios não terminam. Então o que precisamos fazer é dar um jeito de usar nossa válvula de escape para que possamos buscar nosso equilíbrio.

Para isso, é preciso utilizar alguns recursos como relaxar, respirar melhor, soltar mais o corpo, equilibrar emoções.

As essências florais são uma poderosa ferramenta nesse sentido. São feitas de flores silvestres, atuam no campo sutil e ajudam a lidar com as emoções, trabalhando gentilmente na restauração do equilíbrio e, consequentemente, no bem estar físico. As essências florais ampliam a consciência da responsabilidade da pessoa no seu processo de cura, tornando-a mais flexível e desbloqueando o fluxo energético. O equilíbrio facilita a adaptação às situações e a conscientização das próprias limitações ampliando a auto-estima.

Lucia De Rose
Psicóloga, Terapeuta Floral, 
Especialização em Psicossomática.
Tel: 2234-2533 / 9875-6017 / 2254-2468

voltar