NOTÍCIAS > INFORMES

O papel das farmácias magistrais

No Brasil como em todo mundo centenas de milhares de médicos das mais diversas especialidades e outros profissionais também habilitados para prescrição beneficiam pacientes prescrevendo medicamentos que precisam ser preparados ou customizados por farmácias altamente especializadas e popularmente conhecidas tanto no meio científico como pela população em geral como Farmácias de Manipulação.

Nos Estados Unidos da América, o FDA, órgão federal responsável pelo controle de medicamentos e, no Brasil, a Anvisa, que cumpre a mesma função, reconhecem o importante papel exercido pelas farmácias magistrais e apoiam de forma incisiva a prática da manipulação de medicamentos sempre em observância restrita ao total atendimento da legislação vigente.

Embora a contribuição para a saúde pública no Brasil e no mundo seja incontestável, muitas pessoas seja pela falta de informação seja por informações equivocadas, ainda desconhecem todos os benefícios relativos aos serviços prestados pelas farmácias magistrais e por farmacêuticos especializados. Abaixo, a importância das farmácias de manipulação para a sociedade:

Medicamentos Personalizados - A necessidade em ajustar as dosagens, formas e apresentações de acordo com a especificidade de cada paciente e seguindo estritamente o que foi prescrito pelo médico.

Diversas apresentações - Produzem o mesmo medicamento em diversas formas, apresentações e concentrações permitindo melhor e maior adequação á necessidade de cada paciente.

Atendimento de demandas - Medicamentos podem ser manipulados para auxiliar a suprir a necessidade até que o medicamento industrializado retorne ao mercado.

Grupos especiais de pacientes - Neste caso podemos incluir os pacientes com necessidades específicas como terminais; de traumatologia (atletas amadores, profissionais ou olímpicos); em tratamento de reposição hormonal; pacientes hipersensíveis ou alérgicos a produtos industrializados, como cosméticos, pasta de dente, xampu e sabonete, entre outros.

Não disponíveis no Brasil - O médico, principalmente, aquele que está sempre atualizado em congressos internacionais, pode prescrever a manipulação de um medicamento que está sendo utilizado com sucesso em outros países, mas ainda não está disponível de forma regular e facilitada no Brasil.

Estudos clínicos - A farmácia magistral e os farmacêuticos especializados podem manipular medicamentos que ainda não estão disponíveis comercialmente e que são utilizados normalmente em vários estudos clínicos.

Educação Científica - Os farmacêuticos apoiam e participam das reuniões, congressos e diversos eventos de cunho científico.

 

Fonte: classifarmas.blogspot.com

 

voltar